domingo, junho 03, 2012

Cinema antigo

   O mundo parou quando eu parei para reparar no sorriso mais belo que já vi e respondeu o meu, não comportando-se ao seu. Nossa pequena distância diminuiu e a pulsação da nossa caixa de amor que temos aqui dentro acelerou, seguimos então juntos de mãos vazias, você do lado oposto e meu oposto torcendo para te atrair. 
   Uma rosa recolhi e te entreguei, seus olhos claros faiscaram uma luz de emoção que me levou embora a carência e trouxe para perto uma pitada de coragem. Pensei e repensei mais vezes até correr em um único passo para o entrelaço de nossas mãos, ação minha, reação sua e o melhor sentimento foi despertado.
    Aproximei-me das batidas do teu coração. Roubei um beijo franco. Um beijo que virou nosso.
Me fez louco.
Me fez bobo.
Me apaixonou.



Texto para a 121 Edição Visual - Bloínquês
Flávia Andrade

1 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook