quinta-feira, junho 07, 2012

Pequeno Deslize


    Minha vida anda um pouco deslizando por tudo o que faz sentido, fugindo do que é normal e agindo indiferente com o cotidiano. Minha vida não, eu. Eu estou assim. A realidade mesmo é que está tudo um caos. E não é que eu odeie isso, na verdade, eu amo vida bagunçada, essa coisa de correr pra lá e pra cá, virar do avesso para lidar com tanta coisa, eu gosto dessa freneticidade. O negócio é que com tanto tumulto que eu mesma causo, me perco nos meus sentimentos. Acho incrível como lido tão bem com as palavras de um livro, mas tropeço horrores para escrever as palavras da minha história. Se essa página agora fosse um diário, eu diria que essa noite dormi ouvindo reggae e nunca havia tido sensação tão boa, diria que essa noite descobri que a música causa grandes efeitos. Eu contaria minhas histórias loucas as quais até hoje me causam crises de risos, arrependimento nunca. Mas tô tão sem saber o que fazer, que se essa página vira um diário, ela se rasga por si só. Torno-a então, um pequeno deslize meu, assim como alguns momentos de minha vida, um deslize onde em uma madrugada vazia de amor me deixo levar pela veneta de escrever.

Flávia Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook