domingo, dezembro 02, 2012

Eu sinto muito

   Eu sinto sua falta mais do que um carro deixando sua estrada, mais que um lápis deixando sua folha, mais que uma obra deixando sua inspiração. Eu sinto noventa por cento de mim sendo deixado em outro universo, em outro canto, outro mar, profundo demais para quem não sabe nadar. Eu queria nadar. Eu sinto você buscando pedaços de mim a cada instante que te penso, que te sonho e não te tenho. Eu sinto muito não sentir você realmente, não te tocar, te abraçar, te amar corpo a corpo. Eu sinto essa distância crua destruindo o sabor de te amar, amargurando meus sonhos, minhas vontades. Me deixando crua também, sem espaço, mas com um vazio. Um vazio que não cabe nada, que se lotou de saudades. Um vazio feito porque você levou pedaços de mim durante todos esses anos. Um vazio preenchido invisivelmente porque você não voltou nem os devolveu.

Flávia Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook