sexta-feira, fevereiro 15, 2013

  Tumblr_miadrrlz7u1s3bnyso1_500_large
   Com o olhar atravessando a janela do meu quarto e alcançando a janela da sala dela, fitei-a escorada na parte de trás do sofá, conversando em seu celular e sorrindo. Por que ela nunca sorriu pra mim? Continuei olhando-a andando lentamente em círculos pela sala e soltando gargalhadas. O quão belo meus olhos enxergavam aquela cena? Eu estava me apaixonando, eu sabia disso.

Flávia Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook