segunda-feira, fevereiro 10, 2014

   A vida é um acúmulo findo, porém enquanto vida parece esse infinito despejo de tralhas. As coisas apenas caem sobre sua cabeça e corpo e você está lá tentando desviar até o momento em que o peso é tanto que te sufoca e você para de respirar, e volta, e se afoga, e emerge, e nada, e flui, e é engolido, e vomitado, e retorna para o pedregulho, e despencam mais coisas. Nesse ardiloso desespero alguns ajudam a aliviar sua dor e outros apenas te empurram mais para baixo do entulho até você perceber que sair dali é morrer definitivamente e ficar é partir aos poucos, triturar e mutilar seu corpo e mente, é um suicídio doloroso como o diabo essa vida toda.

Flávia Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook