terça-feira, maio 27, 2014

Você abaixa a cabeça, tamborila os dedos na mesa, um pé sapateia, o olhar busca o chão. Eu estou atenta querendo te ouvir. E você. Vai dizendo... Assim. Com tantas reticências, pausas, demoras em meio a essa desimpaciência, enquanto eu permaneço tão tranquila. Você ri da sua palavra errada, mas eu rio da sua risada tímida. Você, de repente, desiste de dizer e ri mais. E eu rio mais alto. E somos dois bobos e eu não sei para onde foi o resto do mundo, somos só você e eu. Você tão acanhado e eu tão clichê.

Flávia Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Natasha

Natasha
Adquira o seu!

Blues Mudo

Blues Mudo
Disponível no Wattpad

Arquivo do Blog

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook