terça-feira, outubro 28, 2014

Ao que me falta, paciência. Ao que me resta, bom aproveito. Ao que me sacia, apego. Ao que me desagrada, desdém. A quem não gosta de mim, um sorriso. A quem nem gosta ou desgosta, não importa, um beijo a quem me faz bem. Aos problemas, uma piada. Aos desentendimentos e às brigas, uma cama para dormir. Aos fins, inícios. Aos inícios, fé. Ao amor, um brinde. Ao resto, sossego. A tudo o que quero, coragem e ao que não quero, força. Às vírgulas, aposto. Aos pontos, reticências. Ao tempo que me sobra, festas. Ao tempo perdido, aprendizado. A cada momento, boas lembranças!

Flávia Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook