segunda-feira, outubro 06, 2014

Desencontrados

Eu gostava de esclarecimentos e você não gostava de se explicar, as coisas tinham lugares específicos em nossas vidas e não poderíamos interferir no caminho um do outro. Eu era apaixonada por frases diretas, você era apenas um viciado em entrelinhas. Eu buscava amor em gestos, você buscava em outro mundo porque nossa realidade não era o suficiente, tínhamos rumos traçados, mas ainda estávamos parados no mesmo lugar. Éramos iguais na falta de coragem, nas atitudes acorrentadas. E quando eu disse para você ir, era somente o que faltava, saiu andando pra vida que achava merecer. Eu adorava esses desencontros, não sabia que um dia eles te cansariam tanto, talvez eu insistisse menos em discordar, mas você foi embora e nós fomos um dia um pronome só. 

Flávia Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook