sexta-feira, janeiro 02, 2015

D-istração

   Você é quem me deixa distraída com pares de sapatos trocados, chave esquecida em cima do balcão, nomes não memorizados ou confundidos, você é quem me deixa na contra mão dos meus destinos, dá uma disritmia nos pés que não sabem mais dançar, não sabem se vão ou se voltam. Você é aquela pessoa que ocupa boa parte dos pensamentos e não me deixa chances de me concentrar em algo a mais, fica tamborilando na mente, vai sendo um acúmulo de lembranças e planos futuros, seu nome repercutindo de um lado só e do outro lado tenho as coisas mais improváveis pelas quais podemos passar juntos. Porque eu vou pensando em você e vai virando tudo uma loucura, o sossego é quando você chega e essa bagunça toda aqui dentro começa a se acalmar, e eu até lembro de apagar todas as bocas do fogão, guardar as coisas na geladeira e dar aquele recado de duas horas atrás que alguém pediu, até entendo a trama do filme passando na televisão, até sei a pontuação dos jogos, até faço um comentário válido. Mas você sempre vai embora e eu fico aqui nesse tumulto de quem não sabe mais estar só. 

— Flávia Andrade



0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook