segunda-feira, fevereiro 02, 2015

,

Equilibrante

    A cada dia encontro algo em mim que gosto menos e algo em você que disfarça esse defeito. Algo que me falta e sobra no seu jeito e eu penso que preciso ter. É um pouco da sua paciência que carece no meu surto, é muito do seu riso para o meu choro desenfreado, é você tão racional para o ser tão emocional que sou, são as provas concretas que você tem para as minhas intuições. É que eu sou uma desajustada e você é o esforçado que traz pesos a mais para o outro lado da balança e me deixa em equilíbrio. 
— Flávia Andrade.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook