quinta-feira, abril 16, 2015

Ambos os Lados


   O dia ainda tem mais umas horas até acabar, o fim do mês está longe de vista e por esses, entre tantos motivos, pouco posso calcular o quanto essa saudade já se acumulou. Mas eu vou exagerar o máximo que consigo, com todo o meu dom de hipérboles, e dizer que os minutos são mais demorados que anos no meio de umas frases mal feitas, vou dizer que penso mais que existo e sonho mais que vivo, em contraposição a todas suas teorias pensadas e repensadas. Mesmo assim, eu sei, você vai entender que tudo isso vem de mim porque sou a pessoa sentimental típica de romances clichês e vai rir por toda essa influência de horóscopo que acredito ter. A nossa vida ainda tem mais um tempo até a gente se cansar, o fim nem chegou, mas vou dizendo até ver seu rosto entortar, aí do outro lado, com todo esse pessimismo. E você vai discordar com os argumentos de sempre só pra eu parar de insistir nos assuntos ruins. Mas quando eu falo tanto, aos poucos canso, a gente dorme, nem vê quando um dia acaba de verdade e outro começa. Depois reiniciamos outra vez o desacordo manso que invade tão lentamente que nem vemos tamanho tumulto que causa.

Flávia Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Natasha

Natasha
Adquira o seu!

Blues Mudo

Blues Mudo
Disponível no Wattpad

Arquivo do Blog

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook