terça-feira, abril 21, 2015


    Ela diz que presta pouco com um sorriso malicioso no rosto e não vai se preocupar em voltar atrás de suas palavras. Ela vai confessar, sem sobriedade, que anda errando com tanta gente que não merece e, por mais consciência que pareça ter, não vai tentar consertar o que tem feito. É coisa dela esse defeito disfarçado de graça que hora ou outra alguém começa a gostar, sem explicação alguma, e acaba se prendendo sem chances de fuga.

Flávia Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Natasha

Natasha
Adquira o seu!

Blues Mudo

Blues Mudo
Disponível no Wattpad

Arquivo do Blog

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook