terça-feira, abril 21, 2015

Sobre fingir tanto


    Venho sendo um pouco mais do que posso, pois só amor não enche o que falta em mim para te surpreender, e meu esforço tem cuidados enormes para que passe despercebido, para parecer ser espontâneo. Venho sendo, entre tanto do que sou e não posso te mostrar, aquela que talvez possa receber um reconhecimento tardio, que você possa finalmente perceber e dizer que é com ela que quer ficar. Mas assim, meu bem, viro uma música de letra e melodia bonita que não significa nada.

Flávia Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Arquivo do Blog

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook