segunda-feira, agosto 24, 2015

Prosa e poesia

    Sua poesia tem tom errado, não faz sentido, só é bonita como são as minhas frases pra você. Sua poesia é para os desesperados, seu canto é pra acalmá-los e eu escrevo, escrevo sem pensar alto, escrevo o que você me causa. De toda forma, tudo é verso, ainda que só pareça paisagem. De todo jeito, é sobre você e sobre mim, sobre dois esquecidos em corações nostálgicos. Se você faz estrofe e eu faço parágrafos, se a gente inverte e inova, se tudo vira livro ou folha amassada no lixo, a mensagem já nos alcançou: é amor. Um de lá e um de cá, um tem rimas e outro não, um canta as músicas conhecidas e outro canta o que ninguém nunca ouviu: somos nós nos amando. Risca todas as linhas que eu borro todas as páginas, porque frente a frente a gente não diz nada: é só isso, só o que precisamos.
 Flávia Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Natasha

Natasha
Adquira o seu!

Blues Mudo

Blues Mudo
Disponível no Wattpad

Arquivo do Blog

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook