sexta-feira, setembro 18, 2015

Gota que pinga

    Gota desse mundo, gota desse mar, gota de álcool, 'cê é um pouquinho que se cair em lugar errado enche, transborda ou embriaga. Eu chego com esse tanto de coisas sentidas, com esse coração maior que a vida, com esses textos tão grandes e digo que te amo, mas você é tão só, eu sou muito pouco, e a gente não aguenta levar todas esses meus exageros. O contraste grita, você ri, eu choro, a casa 'tá bagunçada e as malas foram desfeitas em cima da cama. Eu não sei onde é que vamos colocar o que trazemos lá de fora, mas sei que posso te fazer um bem quando me despir dos tumultos. Gota desse mundo, gota desse mar, uma garrafa inteira de bebida alcoólica, nós somos um tanto, um caminhão estacionado de humores, que se ficarmos por aqui fazemos a história ser pra sempre.

Flávia Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Natasha

Natasha
Adquira o seu!

Blues Mudo

Blues Mudo
Disponível no Wattpad
Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook