domingo, outubro 11, 2015

Filme de domingo

   O problema dos domingos é que tenho tardes e noites inteiras para deitar, seja no sofá, cama ou chão, e pensar sobre você. Você por completo. Os detalhes menores que somente meus olhos fechados e minhas lembranças distantes conseguem encontrar. E conforme as horas lentas passam, revivo as horas que não deveriam ter passado tão depressa. Eu dou risada sozinha mais uma vez das frases erradas e das piadas ruins, choro um pouco por alguns segundos que apenas transbordam, acrescento trilha-sonora ao que passamos e respiro bem fundo tentando recuperar os perfumes. A gente é vida real de segunda à sábado, e no domingo vira filme.
Flávia Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook