sexta-feira, outubro 23, 2015

O que não é amor

    Amor que não é meu é tristeza, apontando que não posso sentir todo o amor do mundo. Ainda além e não mais que infinito, amor que não é meu é qualquer outro sentimento contido, reprimido, prestes a ser descoberto - ou nunca mais. Se todo alguém, ex-ninguém, me transborda, me desaproprio. Eu sou só via de passagem para alguns muitos, e não faço nenhum parar em mim. O amor fica sucinto em um enquanto o outro vai distraído; a vida é mesmo corriqueira, e somente sentir já é maratona. Eu fico só e vejo tanto coração que apenas pulsa, mas pensa que faz poesia. Sou só isso, uma realidade: meu coração não faz nada não-saudável, é só minha mente que se estraga
Flávia Andrade.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook