sexta-feira, janeiro 22, 2016

O seu bem

    Tem tanta coisa acumulada por aqui, meu bem. Eu quero simplificar para nós, mas não me desprendo do que já me causou tumulto e sinto medo de cair no meio dessas tralhas arranhando meu corpo e conseguindo alguns cortes mais profundos. Quando ficamos a sós, sinto que estamos em um cômodo lotado e bagunçado, sinto que estamos perdidos. E eu quero o sossego que você tenta me oferecer. Juro que quero. Eu tento não te olhar com os meus olhos de desespero, mas as pálpebras vacilam em fechar e peço socorro silenciosamente. Peço até que você me acalme, sorrindo assim, meio de canto, um pouco perdido também. Aos poucos vamos colocando as coisas no lugar, não vamos? Vamos dando suporte aos itens quebrados, remendando. Eu quero que a gente fique bem, só pra continuar sentindo essas coisas boas que você me traz, só pra continuar te roubando pequenos impulsos de contentamento.
Flavia Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Natasha

Natasha
Adquira o seu!

Blues Mudo

Blues Mudo
Disponível no Wattpad
Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook