terça-feira, maio 10, 2016

Não foi falta de coragem sua, nem foram exageros emocionais meus. A culpa é de ninguém. Nos conhecemos em um tempo estranho de nossas vidas; a hora errada para buscarmos em nós dois o que quer que fosse.

Ainda precisamos encontrar em nós mesmos todas as coisas que desejamos no outro, antes que cada um vire idealização. Essa é a particularidade do amor: amar-se o suficiente, ser a si mesmo o suficiente, para então se dar de corpo e alma, entregar-se, transbordar. Não somos tanto assim. Somos falhos – a ponto de aceitar as falhas e parar de lutar no ápice da briga. Somos sóbrios, tememos enlouquecer. Somos presos, porque a imensidão da liberdade ainda nos assusta. E eu não posso querer em você os acertos e insanidades, tampouco achar que me tornarei livre ao te ter comigo. Nem você.

Some a isso o quanto que nos falta para ajeitar em nós um espaço para caber alguém que amamos tanto – e consequentemente a rotina de quem vem se juntar. Saímos da adolescência com uma bagunça incessante de sentimentos novos e desejos à flor da pele, entramos na vida adulta criando tumultos sob obrigações, deveres e quereres. Mal sabemos diferenciar planos, sonhos e objetivos, afinal, devemos separar por tempo de realização ou força de vontade? Está tudo tão confuso.

Das pessoas incríveis que conheci, das relações boas que mantive, você foi o mais especial. Aquele que não esqueço, independente de quanta areia escorra pela ampulheta. E eu desejo que fique, mesmo que não seja como quisemos que fosse, que fique apenas porque nos conhecemos e descobrimos em nós aqueles impulsos de felicidade que proporcionamos.

E se daqui um tempo reencontrarmos em nossas agendas uma nova brecha para tentar o que não deu certo dessa vez, se finalmente estivermos completos, se as vidas não estiverem tão desordenadas como agora, se não precisarmos pensar em tanto “se”, que seja. Eu espero que seja.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Natasha

Natasha
Adquira o seu!

Blues Mudo

Blues Mudo
Disponível no Wattpad
Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook