terça-feira, dezembro 30, 2014

Sobre o próximo ano

   Cansei disso de acaso, procuro rumo traçado. Não quero tropeço, quero queda no precipício. Que seja um erro interminável, estou longe de acertos redundantes. Que seja um risco válido e dê fim às decisões mornas. Que seja somente aquilo que ainda não foi, que seja somente começo, nada refeito. Eu guardei todos os bons desejos alheios e levo todo o bem junto de mim.

— Flávia Andrade.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook