domingo, julho 20, 2014

Menina que sobe escadas todo dia, desviando de cada olhar, disfarçando o medo de rejeição. Menina que entra na mesma sala cinco vezes por semana, encara os mesmos rostos, mas não os vê lá fora. Menina que desorganiza bolsas, cômodos e corações, que não sabe silenciar mentes. Menininha que viaja para universos paralelos antes de dormir, mas enfrenta o mundo real quando levanta. Menininha tão diminuta em coragem, tão gigante em sensibilidade, só quer não amar. Deseja lutar sozinha. Mas a menina esbarra em amores, leva-se em palavras baratas de quem a quer e ela pensa também querer. Menina independente quando pensa, sobrevivente quando age, carente quando ama.

Flávia Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, por ler e comentar. Retorne sempre que sentir vontade.

Natasha

Natasha
Adquira o seu!

Blues Mudo

Blues Mudo
Disponível no Wattpad

Arquivo do Blog

Tecnologia do Blogger.

Curta no Facebook